O PODER INVISÍVEL

Posted By on jan 16, 2014 | 0 comments




Uma das noticias mais comentadas no momento, segundo jornais especializados, é de que o leonino presidente francês, desprovido de beleza ou carisma é, no entanto, objeto de desejo entre duas mulheres interessantes, senão mais.

Um homem poderoso sempre exerceu fascínio, entre as mulheres. Assim como a mulher poderosa entre os homens. Ele não precisa ser bonito, nem inteligente, mas poderoso. Um homem de terno e gravata (símbolo do poder, mesmo não sendo) sempre foi o preferido, entre 10 musculosos (esses, atraentes para jogo rápido).

Na verdade, o que é apaixonante é o poder e tudo em torno dele atrai, tanto homens como mulheres. Sendo assim, inconscientemente ou não buscamos esse poder a todo custo, seja na profissão, na conta bancaria ou na estética, o que estiver mais dentro das possibilidades de cada um. De posse desse tal poder – diz a mídia – seremos “amados”. E é essa a meta da humanidade, o grande prêmio.

A verdade é que, nem dinheiro, nem status profissional muito menos beleza, são atributos eternos ou nos oferecem alguma garantia. Tudo pode mudar do dia pra noite, sem aviso prévio e o que sobra, são valores invisíveis, impossíveis de se reconhecer a primeira vista, o tesouro escondido, como nos contos de fadas.

Mas a gente cresceu e esqueceu que o invisível é o mais importante, porque não é efêmero e que invariavelmente o bem vence o mal, ainda que seja nos últimos capítulos da história. A propaganda do dia a dia nos convenceu de que o vencedor é o poderoso, pelo menos enquanto detém o poder. A ilusão nos comprou.

Então, como Jafar em luta pela lâmpada mágica, trapaceamos e nos enganamos, lutando contra nós mesmos, porque sonhamos com um poder que atravesse limites, que realize sonhos, que possibilite o impossível, sem perceber que esse poder está onde sempre esteve; a capacidade de amar simplesmente, como qualquer mortal, para só assim, sermos finalmente amados.

A arte pela arte
REVEILLONS

Comente!

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>