TODOS OS DIAS DAS MÃES

Posted By on mai 11, 2014 | 3 comments


Foram três bebes. Três tipos de amor. Três amigos diferentes, um do outro. Cada um deles trazendo um encanto, uma dádiva, um aprendizado.
Meu primeiro bebe encontrou uma mãe muito jovem, inexperiente, mas muito feliz por estar vivendo uma aventura inédita. Uma mãe cheia de sorrisos e musica. Ficamos amigas imediatamente, assim que nos vimos pela primeira vez e ela sorriu pra mim, como quem diz; – Ah, é você? E á partir desse dia, passamos a descobrir, juntas, o mistério dos laços que não desatam, do amor infinito que carregamos pela vida afora. Às vezes me vejo nela, às vezes vejo um pouco dela em mim. Cumplicidade. Meu primeiro presente.
Meu segundo filho era o garoto que eu via em sonhos, antes da minha primeira gravidez e por todo o tempo da minha gestação, já conversávamos como grandes amigos. Eu já não era tão feliz, nem tão inexperiente, mas sentia ser ele, quem eu esperava há tantos anos; o garoto dos meus sonhos. Nasceu confundindo seu choro e o meu, e eu sentia como se o mundo, a vida, ou o médico roubava meu amigo de dentro de mim. Engano meu. Ele era e continuará sendo meu confidente, meu protetor, o garotinho que corria ao meu encontro, e que sempre esteve, está e estará ao meu lado nos maus e bons momentos. Sensibilidade. Meu segundo presente.
Meu terceiro bebe apareceu sem nem perguntar se eu estava de acordo. Simplesmente veio, sem me dar tempo pra pensar e me pegou desprevenida, surpresa e cansada, depois de tantas manobras da vida; Chegou sorrindo, gritando e acontecendo como um dia de festa. Fomos nos aproximando aos poucos, enquanto eu descobria que minha nova amiga tinha por baixo da sua pele de leão, a grandeza de uma princesa e a coragem de uma guerreira. Ela, quem discorda mais, discute mais é quem me beija mais, me abraça mais e pergunta como estou, antes que eu pergunte por ela. Coragem. Meu terceiro presente.
Apesar dos problemas, das “adolescências”, dos choros, das brigas, do ciúme, dos conflitos gerados pela intensidade, que une cada um de nós e entre nós, nosso time é imbatível. 

Todos os presentes eu ganho, sempre que estamos reunidos e eu vejo neles, as crianças que pra mim sempre serão. Cada um a seu modo, diferentes entre si, mas iguais na lealdade indestrutível desse afeto.
Todos os dias são meus desde o primeiro momento.
São muitas as aventuras para um só dia das mães.


DISNEY PARA ADULTOS
JESUS SUPERSTAR

Comente!

3 Comments

  1. Minha amiga, que texto!!! Maravilha!!! Adorei viu? Aproveito pra te desejar um Feliz Dia junto à família. Bjs bjs

    Post a Reply
  2. parabéns todos os dias pra ti. pelo ser de enormidade que és. Falo que um dia das mãe é político é comércio e todos os 364 são verdade e felicidade em cada conquista que a mãe vê no filho. Belo texto ;D

    Post a Reply

Deixe uma resposta para Rafael Belo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>