SING A SONG

Posted By on jul 1, 2009 | 2 comments


Há 10 dias peguei uma gripe que, se não for a suína, tem bem o seu espírito. Quando a gente pensa que já foi, ela aparece de novo. “Gripe 2 – O retorno”.
Essa noite foi uma das tantas outras que ví o dia nascer, tossindo. E da-lhe leite morno com açúcar (sou alérgica a mel), Vic Pyrena, limão e over doses de vitaminas. Acho que depois dessa gripe, eu vou ficar imune a todas as outras bactérias. Meus anti corpus vão acabar com todas elas. – Harebaba! – como diz o indiano da novela.

Gil dizia na música Barato total, “quando a gente tá contente, quando a gente tá legal, tudo pode ser um barato total. Tudo que você fizer, deve fazer bem, nada que você comer deve fazer mal…” Deve ser por causa da gripe ou inversamente, que fiquei mais sensivel do que ja sou. Ando chorando até em comerciais de refrigerante. Daí para as reflexões…

Por que o tempo passou tão depressa? Eu nem vi eles crescerem. Por que Deus faz isso com as mães? A gente rala desde a gravidez e quando pensa que é “so lucky to be loving you”, olha em volta e não tem mais ninguem. E não adianta dizer que netos compensam. I’m sorry.

Então, alguem te diz- Agora sim, você pode curtir sua vida sem as antigas obrigações. Só que as antigas “obrigações”, não passavam de ciladas afetivas e você se deixou acostumar de tal maneira que sem elas você perdeu sua identidade. Sua identidade se somou àquelas risadas, o quarto desarrumado, as confusões na escola, as brigas por tudo e por nada, até por ciúme da mãe, as coisas quebradas, os pratos preferidos, a trabalheira fantastica de ensinar, o chocolate quente, o café pra conversar, as lagrimas de cortar o coração, as vitórias que parecem mais valiosas que um Grammy, as confidencias no quarto da mamãe…

Um dia a gente acorda e tudo está em silencio, tudo está arrumado, portanto; tudo está fora do lugar. Inclusive você.
Só se ouve mesmo a batida do coração que pergunta e pergunta…
– Cadê as crianças?
Pra mim, o dia de hoje está a cara dessa musica

SÓ PODE SER PRAGA DE DENTISTA...
INOMINÁVEL

Comente!

2 Comments

  1. Nobre colega Isolda,

    Então essa é a gripe “espírito de porco”? Cuidado para a torcida do Palmeiras não ficar chateada, pois vão achar que está falando do seu mascote. Se um dos sintomas é ficar esverdeado, então é uma bactéria é palmeirense mesmo. Brincadeiras à parte. Desejo-lhe uma rápida recuperação.

    Bela melodia. Quanto à sorte em amar (os filhos), ela continua. Apenas a corrida para vê-los, antes tão próximo, agora ficou um pouco mais longa. Pense positivo, como diz um dos trechos da canção: “The passing years will show/ You’ve kept my love so young, so new”.

    Um grande abraço

    Post a Reply
  2. Nossa, agora vc arrasou hein Marley? Estou melhor, obrigada, só que os sintomas verdes não rolaram..rs. Valeu, amigo, obrigada
    bjs

    Post a Reply

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>